O que fazer em Olinda em um bate e volta?

O que fazer em Olinda em um bate e volta?

O que fazer em Olinda para quem está com pouco tempo na cidade? Na verdade pouquíssimo tempo, esse post é uma sugestão do roteiro que eu fiz para visitar Olinda em um rápido bate e volta saindo de Recife.

Essa rápida estadia e seus gastos estão aqui registrados no post, e mais algumas informações interessantes para você que queira fazer o mesmo trajeto.

Onde fica a cidade de Olinda

Olinda é uma cidade do Estado de Pernambuco, que fica localizada na grande Recife. Essa é uma cidade de Pernambuco, porém não é qualquer cidade, Olinda já foi a capital do Estado e tem muitas histórias guardadas em suas ladeiras.

O centro histórico de Olinda revela muito não só da sua história, mas também do Brasil Colonial. Isso porque se trata da capital da maior capitania da época.

Então já sabe que não vão faltar opções de o que conhecer em Olinda, essa foi uma pequena seleção para um curto espaço de tempo de passeio na cidade.

Como chegar em Olinda saindo de Recife

O que fazer em Olinda?

Ficamos hospedados um dia da nossa viagem na cidade de Recife, essa parada foi estratégica – mas não para turistar – e no fim das contas aproveitamos o fim da tarde para colocar em prática o roteiro de o que fazer em Olinda.

Se você está buscando como chegar em Olinda saindo de Recife, apresento as opções que usamos (uma na ida, outra na volta). Na ida de Recife para Olinda fomos de Uber, uma viagem de aproximadamente 20-30 minutos e que custou R$ 25,49 ficamos no alto da Sé para aproveitar.

Na hora de voltar, descemos à pé as ladeiras da cidade, afinal, para baixo todo santo ajuda (já diz o ditado). Na Praça Nossa Senhora do Carmo esperamos no ponto de ônibus a linha PE15, pagamos R$9,5 na nossa passagem de volta ao centro de Recife.

Ambas são boas opções, o Uber no caso é mais caro mas também mais rápido. Tudo vai da sua pressa e orçamento da viagem na hora de escolher como chegar em Olinda saindo de Recife.

O que fazer em Olinda: Roteiro de bate e volta

O que fazer em Olinda?

Esse foi o roteiro planejado para o que fazer em Olinda, do nosso rápido bate e volta infelizmente não conseguimos cumprir todo o roteiro (por motivos particulares, notícias ruins mesmo). 

Mas fica aqui o registro para que você possa aproveitá-lo como um todo na sua viagem, ou adaptar as suas necessidades de roteiro 🙂

Mercado Eufrásio Barbosa

o Mercado Eufrásio Barbosa, é um espaço multicultural composto por espaços para exposições, Museu do Mamulengo, Salas de Oficinas, Teatro, livraria da Companhia Editora de Pernambuco..

Localização: Av. Joaquim Nabuco, s/n – Varadouro

Museu do Mamulengo

O Museu do Mamulengo possui um acervo com mais de 1200 peças feitas pelos mestres mamulengueiros, representando figuras populares em situações cotidianas rurais ou urbanas, com alguns bonecos do século XVIII. 

É o primeiro museu dedicado a bonecos populares na América Latina, foi fundado em 1994.

Localização: Rua de São Bento, 344.

Visitação: terça a sexta-feira, das 10h às 17h.

Museu de Arte Contemporânea

O edifício é datado de 1765 e foi construído para ser o Aljube ou Cadeia Eclesiástica para as punições da inquisição.O conjunto Aljube e Capela foi restaurado e tombado no ano de 1966, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Nele foi instalado o Museu de Arte Contemporânea de Olinda (MAC), que conta com um acervo de mais de 4 mil obras das mais variadas técnicas, épocas e estilos, do academicismo francês até a contemporaneidade.

Reúne obras de grandes nomes como Portinari, Cícero Dias, Eliseu Visconti, Djanira, Telles Junior, Wellington Virgolino, Di Cavalcanti, João Câmara, Guinard, Adolph Gottielib, Burle Max, Francisco Brennand…

Localização: Rua 13 de Maio, s/n.

Visitação: terça a domingo, das 9h às 17h.

Mosteiro São Bento

A criação do Mosteiro de São Bento e sua igreja anexa remonta ao tempo da colonização portuguesa no Brasil. A Ordem de São Bento chegou a Pernambuco em 1592, após convite do donatário da capitania, Jorge de Albuquerque Coelho. Em 1599, os beneditinos concluíram a construção do mosteiro, em Olinda.

A Igreja e o Mosteiro de São Bento integram um importante complexo arquitetônico barroco em Olinda, sendo tombado nacionalmente.

Endereço: Rua de São Bento, S/N, Varadouro, CEP 53020-080,  Olinda-PE

Acesse o site oficial e fonte do post.

Prefeitura Municipal de Olinda

O antigo Paço dos Governadores Gerais do Brasil foi construído no século XVII, após a Restauração Pernambucana, de onde o País foi três vezes governado. Em 1824, recebeu a Assembleia Constituinte e Legislativa da Confederação do Equador. 

Foi modificado e ampliado no final do século XIX, recebendo uma feição neoclássica em sua fachada. Apresenta assoalho em ipê, escadaria original em cedro e o piso em mosaico. Atualmente, é a sede da Prefeitura Municipal de Olinda.

Localização: Rua de São Bento, 123 – Varadouro.

Mercado do Ribeira

Construído no final do século XVII e início do século XVIII, o Mercado da Ribeira é uma edificação característica do Brasil colonial, com função de mercado de abastecimento. Possui piso em tijolaria e dois alpendres com pilastras. 

No Mercado da Ribeira funcionam várias galerias de artesanatos, oficinas de entalhadores, gravuras e pinturas. Está localizado em frente às ruínas do Senado.

Localização: Rua Bernardo Vieira de Melo, s/n – Ribeira

Alto da Sé (mirante)

O alto da Sé é uma excelente escolha para ver o pôr do sol, lá de cima você consegue contemplar uma vista linda da cidade de Recife e Olinda. 

No alto sempre têm barraquinhas para você experimentar os sabores locais, e claro levar uma lembrancinha de Olinda para casa.

Igreja da Sé

A igreja mais antiga de Olinda mais conhecida como Igreja da Sé se chama Matriz de São Salvador do Mundo. A construção inicial da igreja data de 1540.

A Catedral da Sé Metropolitana guarda ainda, em seu terraço, uma das mais encantadoras vistas das cidades-irmãs Olinda e Recife.

GRES Preto Velho

É a sede da escola de Samba Preto Velho, que desfila no carnaval de Recife e tem grande tradição. É um local aberto para visitação onde você pode ver os ensaios e “requebrar” o esqueleto, principalmente aos domingos no sambão.

Gastos de uma rápida estadia em Recife e visita em Olinda

O que fazer em Olinda?

Caso você queira ampliar os pontos turísticos desse bate e volta, recomendo o guia turístico da Prefeitura de Olinda. Ele foi fonte da maior parte das informações desse post, e tem muitas outras opções para você conhecer caso tenha tempo.

Nessa pequena estadia, escolhemos nos hospedar no Vela Branca Praia Hotel, ficamos uma diária em Recife e tiramos uma parte do dia para visitar Olinda, a outra parte da estadia dedicamos para trabalhar mesmo (vantagens e desvantagens de trabalhar de qualquer lugar rs).

Nosso total de gastos nesse um dia e meio na cidade está registrado aqui na minha planilha de gastos, vou deixar disponível caso você queira dar uma olhada nos detalhes e se planejar para sua viagem também.

Eu gastei o total de R$382 para duas pessoas, incluindo nossa hospedagem, transporte, alimentação e lembrancinhas também. Para baixar a planilha é só inserir o seu nome e email que eu envio automaticamente para você!




Você gosta de conhecer cidades históricas? Conheça a nossa lista de Cidades históricas para voltar no tempo no Brasil

O que fazer em Olinda? - Salve no Pinterest!

Tags:

Quer mais dicas para planejar sua viagem?

Venha fazer parte da minha lista de e-mail com dicas exclusivas!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Isa
Isa

Eu sou a Isa! Escrevo esse blog com muito carinho, compartilho informações e experiências que mostram que viajar com pouco é possível!

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *