O que fazer em Pirenópolis em 2 dias:Viagem econômica

O que fazer em Pirenópolis em 2 dias:Viagem econômica

Esse é um relato de uma viagem super econômica, um roteiro de o que fazer em Pirenópolis em 2 dias na cidade. Essa viagem aconteceu em junho desse ano, e nesse post compartilho informações que serão muito úteis na sua viagem também.

Além dos pontos turísticos para você conhecer, tem a sugestão da minha hospedagem, dicas da cidade, opções (principalmente gratuitas) para você fazer em Piri e claro a minha planilha de gastos para que você possa se basear e se organizar financeiramente para conhecer esse destino gracioso.

Pirenópolis Mapa

A graciosa cidade de Pirenópolis ou para os mais íntimos Piri, fica em Goiás, na meiuca do Estado e com atrações deliciosas de conhecer. Para vocês terem uma noção, ela tem casarões, ruas e igrejas de arquitetura colonial compõem o conjunto arquitetônico tombado pelo Iphan.

A Piri me lembra muito outra cidade, só que aqui no sudeste, que se chama Paraty. A vibe é muito parecida, e as ruas com casas coloniais dão todo charme ao destino, sem contar os atrativos naturais que ficam nos arredores.

Como chegar em Pirenópolis

Brasília para Pirenópolis de ônibus

As principais maneiras de chegar em Pirenópolis são saindo de Brasília ou Goiânia, já que têm grandes aeroportos e ficam mais perto da cidade. Eu cheguei por Brasília e voltei por Goiânia, nessa que foi uma trip pelo Estado de Goiás.

Aqui no blog, eu registrei esses trechos que fiz de ônibus, deixando detalhado informações importantes para quem pretende fazer esse trajeto para Pirenópolis de ônibus é só acessar: 

Onde se hospedar em Pirenópolis

Onde se hospedar em Pirenópolis

Se você vai procurar opções de o que fazer em Pirenópolis por conta própria, o melhor é sempre dar prioridade para a localização da sua hospedagem. No meu caso eu fui de ônibus, então estar no centro da cidade era muito importante para fazer meus passeios a pé.

Eu escolhi o Hostel Rua Direita para me hospedar, aluguei por R$115 2 diárias em um quarto compartilhado. O legal de estar em um hostel é a estrutura de cozinha compartilhada e oportunidade de conhecer outras pessoas, o principal para mim foi a localização excelente da hospedagem.

Roteiro de 2 dias em Pirenópolis

Opções para fazer em Pirenópolis: Roteiro de 2 dias

Como já adiantei para vocês, essa cidade é uma delícia! Aqui abaixo você vai conferir meu roteiro e os pontos que conheci na cidade.

Mas no final do post tem dicas importantes para você anotar na hora de definir suas opções de o que fazer em Pirenópolis (ou só Piri), aproveite!

Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário

Igreja Matriz de Pirenópolis

Essa é principal igreja de Piri e também cartão postal da cidade, a construção do século XVII e arquitetura colonial fica num ponto alto e central da cidade que garante também uma linda vista para a cidade e o incrível pôr do sol.

Horários para visitação: de quarta a domingo 14h as 17h

Rua do Lazer

Rua do Lazer

Eu cheguei na cidade no fim da tarde, então logo após ver o pôr do sol da Igreja Matriz, fui conhecer a famosa Rua do Lazer que garante muito agito e comida boa aos viajantes. A rua é repleta de bares, e as cadeiras e mesas ficam no meio da rua mesmo bem intimista.

Ali você vai encontrar opções para todos os gostos, também tem as músicas ao vivo e a oportunidade de provar a culinária de Goiás.

Casinhas históricas da rua Direita

O que fazer em Pirenópolis

Você vai ficar encantado com o centro histórico e as casinhas e estabelecimentos em estilo colonial, para encontrar menos agito para fazer seus registros vá a rua da direita para fazer os seus cliques na porta das casas, as fotos ficam lindas!

Cine Pireneus

O que fazer em Pirenópolis

O cinema com essa fachada Art Decô chama atenção na rua Direita, ele funciona como espaço cultural e no instagram você pode encontrar a programação deles, ou o contato para agendar uma visita.

Acesse o Insta do @cinepireneus para mais infos.

Teatro de Pirenópolis

O que fazer em Pirenópolis

Mais uma construção tombada da cidade de Pirenópolis, atualmente está sob reforma e sem atrações para o público, mas ainda assim é uma opção de arquitetura da cidade para apreciar e fotografar.

Rio das Almas

O que fazer em Pirenópolis

Esse é um importante Rio que corta a cidade de Pirenópolis e o seu curso corta boa parte do Estado de Goiás. Pela foto você consegue ver que a água é limpa, e muita gente se banha por ali aproveitando nas margens do rio o sol e sombra das árvores.

Ponte sobre o Rio das Almas

O que fazer em Pirenópolis

A ponte sob o famoso rio é super instagramável e tem de fundo a vista da igreja e das árvores. É importante ficar atento na ponte, somente um trechinho separado é para pedestres, e o outro lado passam carros em duas mãos.

Museu do Divino

O que fazer em Pirenópolis

A antiga casa de Camara e Cadeia hoje abriga o museu do Divino, que conta mais do importante festival da região e também da história local.

A festa é antiga na região, tem registros desde 1819 e acontece até os dias de hoje, de cunho religioso a festa homenageia o divino Espírito Santo e no museu você consegue ver os detalhes dessa festa e todo o funcionamento e utensílios usados.

Funcionamento de quinta a terça 8h as 18h  domingo e feriado das 10h as 16h.

Ponte Pênsil Dona Benta

O que fazer em Pirenópolis

A graciosa ponte pênsil fica também sob o rio das Almas, mas nesse caso é exclusiva para pedestres. Além da função principal de ligar pontos da cidade, ela fica linda para registros com sua arquitetura e em meio as árvores.

Igreja do Bonfim

Igreja do Bonfim

Essa é uma das mais tradicionais igrejas da cidade, essa no caso dedicada o Nosso Senhor do Bonfim  erguida ainda no século XVIII. A igreja fica num ponto mais alto da cidade e funciona normalmente com missas e eventos.

Horários para visitação: de quarta a domingo 14h as 17h

Museu de Artes Sacras Igreja do Carmo

Museu de Arte Sacra

O museu de Arte Sacra fica dentro da Igreja Nossa Senhora do Carmo, o igreja em si é bem bonita, o altar e seu ornamento. 

Os espaços considerados do museu ainda deixam um pouco a desejar no quesito iluminação e identificação, mas vale a pena a visita para conhecer esse espaço da cidade. 

Funcionamento do museu de quarta a domingo 14h as 17h

 

Cachoeira Meia Lua

Cachoeira Meia Lua

Umas das opções de o que fazer em Pirenópolis é aproveitar os atrativos naturais de cachoeiras e paisagens. Uma dica que fica é para aproveitar esses lugares mais distantes, você vai precisar alugar um carro potente para chegar aos destinos, ou contratar um passeio.

No meu caso que fiquei apenas 2 dias, escolhi conhecer primeiro o centro da cidade e no fim da tarde fui de táxi até uma cachoeira mais próxima que no caso é a da Meia Lua, na foto. O valor pago foi R$50 ida e volta com o taxista por pessoa, onde fui com mais uma pessoa.

Para entrar na cachoeira paguei R$35 pela entrada, você pode pagar em dinheiro ou pix, lá não tem sinal mas eles disponibilizam wi-fi. O local mesmo cobrando entrada não tem quase estrutura, apenas a cachoeira e as quedas Dágua, funcionamento é das 8h as 17h.

O que fazer em Pirenópolis de graça

O que fazer em Pirenópolis de graça: O lindo pôr do sol

É importante selecionar itens gratuitos para conhecer em Pirenópolis, isso porque se você está na cidade e quer fazer passeios pelo entorno vai ver que fica bem salgado. Uma colega de hostel estava contando dos passeios que fez, e dos valores bem salgados na casa dos 200 e 300 reais…

Aqui nesse post você vai encontrar o que fazer em Pirenópolis de graça, foram os pontos que priorizei para conhecer, e assim poder economizar mais no destino. Vamos aqui a lista dos lugares gratuitos que fui e os dois últimos mais distantes que não estive:

  •  Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário
  •  Rua do Lazer
  •  Casinhas históricas da rua Direita
  •  Cine Pirineus
  •  Teatro de Pirenópolis
  •  Rio das Almas
  •  Ponte sobre o Rio das Almas
  •  Museu do Divino
  •  Ponte Pênsil Dona Benta
  •  Igreja do Bonfim
  •  Museu de Artes Sacras Igreja do Carmo
  • Museu Rodas do Tempo
  • Museu Lavras do Ouro

Dicas de Pirenópolis

Dicas para sua viagem a Pirenopólis

Desses 2 dias na cidade separei algumas dicas que eu gostaria de saber antes de feito a viagem, 

  • Para curtir as cachoeiras, ir de carro é a opção mais econômica: Os passeios particulares até as cachoeiras e trilhas vão deixar o orçamento da sua viagem bem mais caro;
  • Os passeios no centro da cidade são os mais econômicos: As opções gratuitas para você fazer estão ali;
  • A maioria das cachoeiras do entorno você paga não só o transporte, mas também a entrada no local;
  • Veja o pôr do sol da Igreja Matriz: É lindo demais!
  • Prove a comida local: Eu escolhi provar a famosa panelinha e pequi;
  • Se você gosta de agito noturno, aproveite a cidade aos finais de semana: Dias de semana ela fica mais parada a noite;
  • Os preços em Piri, por mais que sejam interior estão equiparados com grandes capitais do Brasil, prepare o bolso.
  • O museu das cavalhadas fechou: Era um centro importante de história, mas quando fui já estava fechado e com placa de venda.

Quanto custa viajar para Pirenópolis

Quanto custa viajar para Pirenópolis

E finalmente depois de falar o que fazer em Pirenópolis, vamos ao quanto custou esse roteiro de 2 dias na cidade de Piri aproveitando o entorno e economizando no local.

Nessa viagem eu fui sozinha, mas no caminho fiz algumas amizades e dividimos alguns gastos como: O táxi indo para a cachoeira e a janta das panelinhas com pequi. Isso ajudou a baratear meus gastos também, já que comidas e passeios achei bem caros na cidade.

O valor total gasto foi R$394 e isso inclui meu transporte de ida, passeios, lembrancinhas, comidas e tudo mais. Um fator importante de destacar é que na janta eu levei a famosa quentinha que se tornou meu almoço e também fui ao mercadinho comprar lanches e janta para fazer na cozinha do hostel.

Se você quiser acessar minha planilha completa, com todos os gastos da viagem em detalhes, é só inserir o seu nome e email nos campos abaixo! Você vai receber automaticamente a planilha de gastos no email informado, aproveite 🙂




O que fazer em Pirenópolis em 2 dias? Salve no Pinterest!
O que fazer em Pirenópolis em 2 dias? Salve no Pinterest!

Tags:

Quer mais dicas para planejar sua viagem?

Venha fazer parte da minha lista de e-mail com dicas exclusivas!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Isa
Isa

Eu sou a Isa! Escrevo esse blog com muito carinho, compartilho informações e experiências que mostram que viajar com pouco é possível!

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.