Seguro viagem visa: Minha experiência com o seguro viagem

Seguro viagem visa: Minha experiência com o seguro viagem

Se você chegou até esse post é porque quer saber mais sobre o Seguro Viagem Visa. E vou deixar todo o conteúdo aqui mostrando a minha perspectiva de uso. 

Isso porque já gerei a apólice desse seguro algumas vezes, mas na minha recente viagem à Bolívia eu infelizmente precisei acionar.  

Já que encontro poucos relatos sobre todo o processo de uso resolvi expor aqui para vocês cada detalhe desse processo. Desde a compra da passagem até o ressarcimento (que não aconteceu até então rs) do seguro viagem visa.

Como funciona o Seguro viagem visa?

O seguro viagem visa está disponível aos clientes de cartão de crédito que seja da bandeira Visa. Porém além desse primeiro requisito, você precisa que o seu cartão seja da categoria platinum ou superior para ter acesso ao seguro viagem visa gratuito!

Se você está dentro desses requisitos, vamos ao que interessa: Como conseguir o seguro?

É bem simples, você precisa comprar a sua passagem com o seu cartão da Visa e emitir a sua apólice de seguro pelo Visa Benefícios. Pronto você já está assegurado e pode viajar com o seu seguro viagem visa.

O seguro quem fornece é a visa, mas a empresa que cobre é a AIG seguros, já ouvi falar algumas vezes dessa empresa e sei que é uma empresa internacional.

Até então é super simples mesmo, a minha maior dor de cabeça foi ao precisar do ressarcimento. Ainda estou passando por essa novela, que pelo visto não vai ter fim…

Atendimento do Seguro Viagem Visa

O que fazer na Bolívia

Eu só precisei do atendimento do seguro viagem visa quando de fato aconteceu o sinistro.

Já tinha feito o seguro para outras viagens como a minha primeira Eurotrip e para o Chile, porém só na viagem à Bolívia que eu precisei usar.

Quando isso aconteceu primeiro mandamos um email para o contato da apólice. O email foi respondido automaticamente para entrarmos em contato com uma lista de telefones disponíveis em diversos países.

Ao entrar em contato, achei o atendimento um pouco demorado (já que se tratava de uma emergência). Mas conseguimos atendimento e fomos orientados a procurar hospitais de nossa preferência para recebermos o ressarcimento depois.

Detalhe que na Bolívia a saúde é pública, mas não gratuita então tivemos que pagar por todos os atendimentos. Se você quer saber como foi o atendimento em hospitais bolivianos eu falo mais aqui nesse post.

Desde então fomos procurando atendimento e comprando remédios. Detalhe que a maioria dos remédios nós não tivemos nota fiscal, portanto nem pedimos ressarcimento ( já que é necessária a comprovação). Fomos guardando as notas dos lugares que conseguimos e deixando tudo na minha pastinha de viagem.

Eu recomendo fortemente que você também leve uma pastinha na sua viagem. Eu faço isso para levar em viagens internacionais, lá eu deixo tudo impresso. Ficam os comprovantes, reservas, cópias de documentos e etc. Ao longo da viagem vou guardando notinhas e documentos que geramos.

Bom, se precisar de uma pastinha eu uso uma pasta plástica zip, ela é bem maleável e ocupa pouco espaço. Dá uma olhada aqui, e se precisar comprar uma para você use o código BLOG no carrinho de compras e ganhe 7% de desconto.

 

Minha experiência com o Seguro viagem Visa

Minha experiência com o seguro viagem visa não foi muito positivo, se eu tivesse que dar uma nota seria: 3. Achei o atendimento muito precário e complicado. Eu tenho uma lista de e-mails não respondidos pelo seguro viagem visa, acho que o contato que eles divulgam deveria ser mais bem administrado.

O fato de não conseguir contato por e-mail já é um pouco complicado, isso porque viajando podemos até conseguir wi-fi para nos conectarmos e enviarmos uma mensagem, mas fazer ligação já é mais difícil. Portanto essa equipe de atendentes poderia estar de plantão não só no telefone, mas no email também.

E bom, depois de acionar o seguro, achei muito moroso e complicado o processo para pedir o ressarcimento. Pelo próprio portal não consegui subir os arquivos, por e-mail eu não conseguia resposta. A solução foi ligar para a Visa e ficar 40min no telefone para conseguir uma solução.

A solução foi intermediária, visto que eu não sabia se os documentos enviados foram recebidos. Depois de um tempo, vimos no portal que o os documentos foram recebidos, porém o prazo de análise foi estourado e não obtivemos resposta.

Tentamos ligar e ficamos mais de 2h aguardando atendimento, depois dessa circunstância mandamos mais um e-mail e entregamos pra Deus.

Nada de atendimento decente, nem sequer contato conseguimos e damos o nosso dinheiro como perdido. Mesmo com um seguro viagem garantindo nossos gastos de volta.

Aí entramos no próximo papo: Seguro viagem visa é bom?

Seguro viagem visa é bom?

Sem querer parecer muito dramática, mas eu avalio o seguro viagem visa como um seguro que “serve”. Só usaria outra vez em ocasiões onde eu realmente não tivesse orçamento, ou escolha nesse sentido. Depois da viagem à Bolívia já fiz outras viagens internacionais, e preferi optar por um seguro pago para ir tranquila.

Se a ideia de um seguro viagem é poder viajar tranquilo, o seguro viagem visa não me passa tranquilidade. Eu sei que indo com o seguro deles assumo o risco de qualquer incidente, eu preciso estar com grana o suficiente para ser atendida ou simplesmente cancelar minha viagem.

Estive no Paraguay e na Argentina, para minha ida usei o Seguro Travel Ace que comprei através da Seguros Promo

No site da Seguros Promo eu consigo cotar os melhores preços de seguro, tem de vários tipos e eu dou preferência aos que cobrem tudo. Isso porque eu posso ir tranquila, já que o preço é baratinho e terei atendimento sem precisar desembolsar um grana na hora.

Seguro viagem visa funciona?

Gente, deixei para finalizar essa parte do artigo muitos meses depois. Isso para não proporcionar uma experiência falsa por aqui.

E por experiência própria digo que o Seguro Viagem Visa não funciona, pelo menos pra mim não funcionou.

Fizemos o processo todo como manda o figurino, e depois de meses esperando e buscando contato dei esse valor como perdido. Azar o nosso ter ido com esse seguro, ao invés de ter contratado através de uma empresa especializada. O barato saiu caro.

Como conseguir um bom seguro viagem?

Depois dos perrengues vamos amadurecendo (ainda bem) e tirando lições dessas situações. A primeira lição é reservar um seguro viagem com quem entende.

Depois da Bolívia estive no Paraguay e na Argentina, e depois desse episódio na Bolívia eu aprendi uma lição e só viajo com seguro viagem de verdade. 

Resolvi testar o Seguros Promo que sempre vi a galera falando super bem! No fim das contas eu amei muito! Principalmente pelo atendimento e cuidado com os clientes, achei isso sensacional e me encantou muito!

Quem é daqui do blog sabe que eu SÓ RECOMENDO OQUE USO! Por isso mesmo eu recomendo que você reserve o seu Seguro Viagem com a Seguros Promo <3

Inclusive tem desconto pro leitor do Blog! Acessa com esse link aqui e usa o código DAPARAVIAJAR5 para garantir 5% de desconto. Ao pagar via boleto você ganha mais 5% de desconto, são 10% de desconto no total! 

Para saber mais sobre Seguro Viagem e Seguros Promo, acessa esse post aqui onde te dou mais orientações para você ficar esperto na hora de reservar o seu 🙂

Para dúvidas, comenta aqui que eu terei o prazer de responder! 

Seguro viagem visa
Vamos falar mais de viagem?

Tags:

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *